Blogger Widgets

Livro - Amor de Perdição, Camilo Castelo Branco por Larissa Evelyn



"Amou, perdeu-se e morreu amando"

Obra-prima de Camilo Castelo Branco, Amor de Perdição,  foi escrita ao longo de quinze dias, enquanto o autor esteve preso na Cadeia da Relação do Porto, em 1861, acusado de adultério, ao lado de Ana Plácido, sua grande  paixão. Nesse período a obra esteve na iminência de ser rasgada por Camilo.
A obra que conferiu notoriedade ao autor apresenta enredo conciso e equilibrado, perpassado por forte humanismo, além das clássicas e belas características da tragédia romântica, como o amor desenfreado, que domina e orienta a vida dos protagonistas, resistindo a todas as diversidades.
A narrativa se passa em Portugal, no século XIX  e apresenta-nos a história de amor de Simão Botelho, um estudante boêmio, cujo erros passados são redimidos  pelo amor e Teresa Albuquerque, nossa jovem e encantadora heroína.  Trata-se de um amor transcendental, levado as últimas consequências.
Pertencentes a famílias rivais, separadas por velhas questões, o jovem casal sofre com as tentativas dos pais em afastá-los, chegando a enviar Simão a Coimbra e a obrigar Teresa a ingressar num convento, por sua recusa  em casar-se com seu primo Baltasar Coutinho.
Diante disso, os jovens planejam uma fuga, que culmina na prisão e exilio de Simão.  A partir daí passamos a conhecer a história da jovem Mariana, uma simples moça que nutri um amor romântico e abnegado por Simão.
Trata-se de uma belíssima produção artística do Ultrarromantismo português e um dos  mais bem acabados exemplos de novela passional.


1 comentários:

  1. 0/... eu já li este livro é um clássico e é muito bom!!!

    ResponderExcluir