Blogger Widgets

Resenha O Cavaleiro de Bronze

Título: O Cavaleiro de Bronze (Livro I)
Autora: Paullina Simons
Editora: Novo Século
Páginas: 502

Eu me considero uma leitora voraz desde que fui apresentada ao meu primeiro livro há uns quinze anos. De lá para cá li algumas centenas de livros, mas devo confessar que apenas alguns deles me marcaram profundamente. Entre eles ...E o vento levou e Orgulho Preconceito. Dito isso devo acrescentar mais um nesta lista o recém-lançado O Cavalheiro de Bronze.

Uma saga espetacular de tirar o fôlego e deixar a garganta apertada, sobre Tatiana Metanova, uma garota de dezessete anos, habitante de Leningrado, situada na União Soviética. No ano de 1941 durante a Segunda Guerra Mundial. As tropas de Hitler já haviam derrotado a Bélgica, Holanda, Dinamarca e Noruega, quando iniciam o ataque contra as fronteiras da União Soviética, quebrando o acordo de não agressão mútua.

Neste contexto Tatiana conhece o tenente do exercito vermelho Alexander Belov. Um rapaz destemido, que por trás de sua aparente fortaleza, carrega fardos pesados de seu secreto passado. Uma paixão devastadora e recíproca os atinge a primeira vista. No entanto, maior do que os perigos da guerra é a consciência de Tatiana. Ela descobre que sua irmã Dasha tem um relacionamento com Alexander e nutre por ele um grande sentimento. Movida pelo amor incondicional que sente pela  irmã, não querendo magoá-la. Tatiana decide abrir mão do grande amor da sua vida.

Os horrores da guerra se iniciam, Alexander espera Tatiana sair do trabalho todos os dias e a acompanha até a sua casa. O rapaz insiste para que os dois assumam o seu amor, mas ela é irredutível e para piorar as coisas, o melhor amigo de Alexander se aproxima de Tatiana.

Ao longo do verão Alexander visita sempre a casa dos Metanovas, como namorado de Dasha, mas secretamente como uma maneira de ver e proteger Tatiana. Enquanto isso ela tenta esquece-lo. Ao mesmo tempo que cada vez que ela o vê junto com sua irmã ela envenena o seu próprio coração e em ultima instancia a sua alma.

No entanto por mais que Tatiana negue e esconda os seus sentimentos por Alexander estão em seus olhos todas as vezes que ela o vê. A cada segundo em que estão juntos o seus olhos são seu coração. Ele faz absolutamente de tudo para proteger Tatiana que é maltratada pela família e pela guerra, mesmo que Tatiana fique firme em não magoar a irmã, ele sempre está por perto garantindo que ela esteja bem. Mas o inverno vem, as condições da cidade ficam insuportáveis. Não há alimento suficiente, os bombardeios começam, o frio é cortante.

É então que Tatiana descobre que existe um sofrimento maior do que a fome, a miséria ou até mesmo a guerra. Uma paixão incondicional e absolutamente inacessível, impossível.
Eu vou morrer com a mão de Alexander no meu rosto, Tatiana pensou. Não é uma maneira ruim de morrer. Não posso me mexer, não posso me levantar, não posso. Ela fechou os olhos e sentiu-se à deriva.  Através da bruma, à sua frente, ela ouvi a voz de Alexander. –Tatiana, eu amo você. Você me ouve? Eu amo você como nunca alguém em toda minha vida. Agora, levante-se por mim, Tatia. Por mim, por favor. Levante-se e cuide de sua irmã. Vá. E eu cuido de você. –Ele a beijou no rosto.

13 comentários:

  1. Eu já tinha comentado que adorei somente de ver a capa e ler a sinopse, agora em sua resenha me derreto com a maneira que descreve nossa mocinha e um mocinho com um carinho que deixa todos babando *-*
    Fiquei mais curiosa, obrigada por me instigar a ler (Y)
    http://romances-para-te-fazer-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana,
    tudo bem?
    Quando você citou minha Diva Jane Austen, eu parei tudo!!! Amei sua resenha e adorei a história.
    Agora não me deixe triste, você colocou essa fala no final, porque ela vai lutar por ele e não irá morrer, não é isso? Se ela morrer irei chorar muitoooooooo!!!!
    Vou ter que comprar esse livro de qualquer jeito!!!
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Aninhaaaaaaa, tudo bem? Precisamos nos falar mais. Entãooooooooo, sou HIPER ULTRA MEGA POWER suspeita pra comentar sobre esse livro, porque já o li há vários anos atrás, ainda em inglês. Ele é simplesmente meu livro favorito em toda a vida. É lindo, emocionante e tem tudo que um leitor pode desejar. As continuações são ainda melhor. Aguarde e prepare os lencinhos.

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parece ser super emocionante mesmo!!! Ai que amor... quero ler esse livro com certeza!!
    Já está na minha (cada vez mais) enorme lista de desejados!!
    ótima dica!!

    ResponderExcluir
  5. Ah, um livro que se passa na antiga União Soviética! <3
    Sério, eu adoro livros com essa temática! Tive a oportunidade de ler dois livros que se passavam na Rússia nesse período (entre 1900 e 1945) e são fantásticos! Quem não fica com vontade de conhecer esse local depois?
    Eu fiquei INTERESSADÍSSIMA nesse livro agora. Não sabia que ele era sobre isso. Agora estou desejando loucamente.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  6. Ual, parece ser O livro. Com certeza já entrou pra minha lista de desejados. Não me canso de ler livros que falem sobre a Segunda Guerra, e esse parece ser mesmo ótimo!

    ResponderExcluir
  7. Andressa Nunes21/10/2013 09:56

    Resenha muito boa, abordando pontos relevantes do livro, resumindo muito bem o conteúdo, despertando o interesse dos leitores.

    ResponderExcluir
  8. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  9. 500 páginas? Haja assunto e emoções ein? rs.
    Sinto que amaria ler esse livro, e espero lê-lo logo. Parece ser ótimo!
    Amei a sua resenha, mesmo.
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Resenha muita boa mesmo,agora eu quero ler esse livro.
    Ah, to participando da promoção.

    ResponderExcluir
  11. Bom, bom.. seu blog é muito bacana. Começei com a leitura aos três anos e desde lá.. não parei. Aos doze li O Morro dos Ventos uivantes e, com certeza, é meu preferido.. sempre me surpreende.

    Esse livro da resenha é interessante e já está adicionado a listinha.

    ResponderExcluir
  12. Leio desde cedo também e foi uma das melhores coisas que fiz por mim.. rs
    Nada melhor que uma boa história que nos distraia e faça sonhar e imaginar se fosse com a gente. Matava aula de educação física na biblioteca e não me arrependo!!!
    Me encantei pela capa, lindissíma! E também pela história.. Boa e breve resenha!
    Parabéns! =*

    ResponderExcluir
  13. Esse livro deve ser extremamente cheio de drama por se passar em meio a uma guerra e ter um triângulo amoroso. Gostar do homem que sua irmã está tendo um relacionamento? OMG deve ser devastador! Eu adorei o enredo mesmo passando em meio a uma guerra (eu não leio livros assim, tenho horror, sou uma pessoa muito sensivel para livros deste tipo)

    ResponderExcluir